jusbrasil.com.br
23 de Setembro de 2019

Qual disciplina escolher na segunda fase da OAB?

Saiba como ter certeza da escolha certa para a sua aprovação no Exame de Ordem!

CERS Cursos Online, Jornalista
Publicado por CERS Cursos Online
há 19 dias

Uma das grandes dúvidas que os estudantes de Direito possuem durante a graduação é a área a ser escolhida para a segunda fase (prova subjetiva) do Exame de Ordem. Muitos optam pela “matéria mais fácil” ou com menor conteúdo, mas na verdade veremos que existe a que mais se adequa ao seu perfil.

2º Fase do Exame de Ordem

A prova prático-profissional exige mais profundidade na área escolhida pelo candidato, além de avaliar a escrita e conhecimento prático. São sete áreas que podem ser escolhidas, no ato da inscrição: Direito Administrativo; Direito Civil; Direito Constitucional; Direito do Trabalho; Direito Empresarial; Direito Penal; Direito Tributário.

A prova prático-profissional valerá 10,00 (dez) pontos e será composta de duas partes:

1ª parte: Redação de peça profissional, valendo 5,00 (cinco) pontos, acerca de tema da área jurídica de opção do examinando e do seu correspondente direito processual.

2ª parte: Respostas a 4 (quatro) questões discursivas, sob a forma de situações problema, valendo, no máximo, 1,25 (um e vinte e cinco) pontos cada.

Saiba como escolher a disciplina certa

No ato da inscrição o candidato deve optar por uma das disciplinas. Por isso a importância de tomar uma decisão consciente para obter a tão sonhada carteirinha vermelha da OAB.

Preparamos 5 dicas para ajudar você nesse momento:

1.Opte pela disciplina que possui mais afinidade

A graduação em Direito é composta por uma infinidade de disciplinas, em que provavelmente você possui mais familiaridade em uma do que em outras. E essa distinção é fundamental para a escolha da área da prova subjetiva. Pois, você terá mais facilidade nos assuntos em que possui interesse e afinidade.

2.Não existe uma disciplina mais fácil que a outra

É comum ouvir de colegas de turma que já foram aprovados ou que estão estudando para a OAB, que tal disciplina é mais fácil ou que exige menos dedicação que outra. Mas você não deve cair neste erro, pois o que existe na verdade são disciplinas com maiores índices de aprovação do que outras, de acordo com análise estatística da quantidade de inscritos. Que sem o devido esclarecimento pode causar essas interpretações errôneas.

Assim, se uma área possui menor número de inscritos é provável que o índice de aprovados seja maior do que as disciplinas com uma quantidade massiva de candidatos. Visto que possuem uma maior proximidade com os assuntos.

3.Analise os exames anteriores

Fazer um estudo detalhado da área a ser escolhida a partir da resolução da prova poderá trazer mais realidade nesse processo de tomada de decisão. Analisando os assuntos mais cobrados, o nível de dificuldade e o modelo de prova pode ser um diferencial na sua preparação e na certeza da área escolhida.

4.Escolha sua futura área de atuação

É de conhecimento geral que o Exame de Ordem é uma exigência para o exercício da advocacia. Mas poucos têm em mente que além de ser um requisito é uma possibilidade de treinar para possíveis situações profissionais que você pode se deparar no futuro.

Assim, ao estudar para a OAB você estará treinando para sua futura profissão. Por isso, apesar de ser um momento de grande tensão tente aproveitar ao máximo, pois os conhecimentos adquiridos serão levados para a sua carreira.

5.Confira sua trajetória no histórico acadêmico

Caso nenhuma dessas dicas tenham sido úteis e você não tenha se decidido, uma forma de tentar encontrar a sua área de interesse é analisando o seu histórico. Assim, a disciplina que você possui maior nota e rendimento provavelmente é a área que você tem mais facilidade. Se por exemplo, você observar que possui maiores notas em Direito Penal do que nas outras matérias você terá mais facilidade em se dedicar nos estudos da 2º fase para esta

Portanto OABeiro, é de se concluir que não existe uma matéria melhor que a outra, mais fácil ou com menos conteúdo, mas sim a que melhor se adapta ao seu perfil. Pense como um futuro advogado, busque nas suas experiências, estágios e prática jurídica, faça a melhor decisão e foque na sua aprovação.

E independentemente da sua escolha, uma dica importante para todas as disciplinas é contar com uma preparação de qualidade. Conheça os cursos do cers para a 2ª fase da OAB!

Vamos juntos!

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)